Mensagens de Moisés

"A última impressão é a que fica"

A ÚLTIMA IMPRESSÃO É A QUE FICA! (Ezequiel 18,1-4)
 

As palavras sendo ditas muitas vezes como se fosse verdade, acabam convencendo as pessoas, e o pior é que nos convencemos disso e vendemos para os outros a mesma ideia sem analisar. Quem por exemplo nunca ouviu na TV, numa propaganda ou música o dito popular: “A PRIMEIRA IMPRESSÃO É A QUE FICA!” Vamos ver se isso é verdade ou mentira.

Muitas vezes conhecemos uma pessoa pela primeira vez, todos a consideram maravilhosa, mas depois  de um tempo de convivência, acabamos descobrindo que ela é terrível. Pergunto então, a primeira impressão é a que fica ou a última? Em outro momento acabamos de conhecer uma pessoa, todos nos alertam para tomar cuidado com ela para não nos decepcionar por que ela não é legal, mas depois de um tempo de convivência nos agradamos da pessoa e descobrimos que ela não é nada que nos falaram. Pergunto então, a primeira impressão é a que fica ou a última?

Observaram a minha tese? No caso dos dois exemplos acima, a primeira impressão era mentira. Alguém comprou a idéia vinda de outra, carregada de uma opinião ou sentimento particular e nos vendeu assim e nós compramos a idéia mentirosa da primeira impressão; mas as poucos vimos que a impressão que ficou foi a última...

A primeira impressão é muito importante, especialmente para quem tem um primeiro encontro afetivo, profissional, e até damos enorme valor na primeira experiência espiritual, mas a impressão que fica é a última, o cotidiano, a experiência da convivência. Isso nos leva a entender o quanto precisamos ter discernimento em nossas ações, tomar cuidado com informações que recebemos dos outros e que não produzirá em nós o mesmo resultado. Pessoas erram, mudam de escolhas, recaem nos pecados, muda o caráter ou o esconde no primeiro momento, por isso o tempo é o melhor remédio para mostrar a real impressão.

As pessoas são únicas, as experiências também, cada pessoa responde diante de Deus. É claro que influências e culturas contam muito, mas como diz o texto de Ezequial 18, 1-4: "não podemos julgar o pai pelo pecado ou erro de seu filho".  Que possamos ser mais maduros, ter mais sabedoria e que o Senhor nos dê olhos de “águia” para enxergar além do humano, com os olhos de Deus.

Pois, “A ÚLTIMA IMPRESSÃO É A QUE FICA!!!”

Moisés Rocha

Voltar